Dicas de moradores locais – Rio de Janeiro

156

A cidade maravilhosa é minha casa há mais de 13 anos e já perdi a conta de quantos turistas eu já ajudei. Mas só apontar onde fica o Cristo ou o Bondinho não deixa sua viagem verdadeiramente especial. Como qualquer cidade turística, o Rio tem suas pegadinhas para quem não conhece o local.

Por isso, resolvi reunir neste post as melhores dicas que eu e meus amigos cariocas colecionamos ao longo dessas décadas aproveitando o que a cidade tem de melhor – fora do roteiro mais famoso.

 

Vai visitar Cristo? Aproveite e faça uma boa refeição

Para chegar ao Cristo, a maioria dos turistas passa pelo Largo do Machado. É de lá que saem as vans oficiais do Parque e também a maioria dos ônibus da cidade que passam pelo ponto. Então, se você estiver na praça do Largo, não perca a chance de fazer um lanche tipicamente carioca no “Árabe da Condor” como é conhecido o Restaurante Sírio Libanês, localizado numa galeria de frente para a praça. Você pode fazer uma refeição completa, mas um carioca sempre pede um (ou mais) salgados e um copo de mate da casa.

Para quem prefere um almoço mais elaborado, uma caminhada de 5 minutos até a Praça São Salvador e você estará na Casa Milá. De terça a sexta o restaurante oferece pratos executivos maravilhosos na hora do almoço – essa que vos escreve é fã de carteirinha. De noite, o serviço é só a la carte com uma variedade enorme de drinks para acompanhar.

Rio de Janeiro celebra os 90 anos do Cristo Redentor

 

Carioca não sai, dá um rolê.

O Rio é um caleidoscópio e vai ter opção para todo mundo que quer sair a noite. Falei da São Salvador aqui em cima e esse um típico rolê carioca: se encontrar na praça para beber. A SS, como é carinhosamente conhecida, é um espaço ao ar aberto rodeado de bares e ambulantes vendendo todos os tipos de cerveja e cariocas conversando sobre tudo – não fica mais tradicional que isso. Os dias de mais muvuca são quinta, sexta e sábado – mas todo dia os bares estão abertos e tem alguém bebendo por lá.

Se sua vibe é mais barzinhos, Botafogo tem opções ilimitadas. Para um dos mais tradicionais da cidade com um belo menu de carnes está o Caravelas do Visconde (que leva esse nome porque fica na rua Visconde de Caravelas). Na rua Voluntários da Pátria altura da rua Nelson Mandela as opções são fartas: desde o podrão ao bar gourmet – todos com cadeiras nas calçadas.

Mas a programação mais carioca de todas é um samba. Um dos mais famosos é o Samba da Pedra do Sal: de sexta a segunda com programação de rodas de samba e DJs no centro da cidade. Domingo é o dia clássico e costuma encher, por isso se programe. Você pode acompanhar as informações atualizadas no instagram @pedradosaloficial.

Pedra do Sal e Som das Artes: um tributo a brasilidade - O que fazer no Rio  - Dicas do Rio de Janeiro

Guia dos melhores bares em Botafogo - Free Walker Tours

 

O Rio de Janeiro continua lindo…

Uma das principais atrações da cidade são suas belezas naturais e vistas espetaculares. E o carioca sabe explorar isso muito bem. Entre as minhas favoritas está o Parque das Ruínas em Santa Teresa (se você subir a escadaria Selarón até o final e caminhar mais uns 10 minutos chega lá). A entrada é gratuita e a vista de 360o do topo da construção mostra do centro ao Cristo, passando pelo aterro e Marina da Glória. (Se for a Santa, pode conferir a tradicional feijoada do Mineiro no domingo).

Outra vista espetacular é do Forte de Copacabana – a entrada é paga e custa R$6 adultos e R$3 a meia. De lá você vê toda a praia de Copacabana e Leme e um pedaço do Arpoador. Se chegar cedo pode aproveitar o café da manhã eleito o melhor da cidade em 2021 no Café 18 do Forte. Lá dentro também tem uma filial da confeitaria Colombo.

Ao contrário das duas anteriores que são melhores de dia, a última dica é melhor à noite: o rooftop do hotel Yoo2 na praia de Botafogo. Lá de cima você tem uma vista primorosa do Pão de Açúcar com a praia de Botafogo toda iluminada e o menu de drinks da casa à sua disposição.

Parque das Ruínas deve ser reaberto pela Prefeitura do Rio em maio - Diário  do Rio de Janeiro

Forte de Copacabana: museu, cafés e uma vista privilegiada do Rio

E a melhor dica de todas: explore a cidade.

O Rio é muito mais do que só Cristo e Pão de Açúcar – tem trilhas, cachoeiras, restaurantes inesperados e muita coisa para fazer. Fuja da muvuca e explore outras praias. Saia do lugar-comum e eu te prometo que a cidade terá muito a te apresentar.

Last modified: 6 de Janeiro de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *